Spleen e charutos

maio 10, 2011

Os barítonos nascem tristes

Filed under: Spleen — spleencharutos @ 2:00 pm

Rian Santos
riansantos@jornaldodiase.com.br

Pra quem provou a fatia amarga da vida é melhor dar um passo de cada vez

Não é Morrissey nem as sombras projetadas sobre outros escravos da pele. Tamanho sentimento só poderia vir à tona provocado pela voz visceral dos barítonos. Vasculhe seu HD. Desenterre as fitas K-7 que embalaram suas primeiras fossas. Pode ser que um Jeff Buckley aqui, uma Alanis Morissette ali, tenham algum lugar entre as músicas que lhe ajudaram a afogar coração. Sofrimento de verdade, no entanto, floresce mesmo na voz dos barítonos e o single mais recente de Jair Naves (ex-Ludovic), que se apresenta na Rua da Cultura, semana que vem, está aí para mostrar.

Duas músicas dilacerantes, daquelas que uma alma atormentada escuta no repeat, sem parar. Se você acabou de levar um pé na bunda, meu amigo, providencie o entorpecente que melhor se adequar a suas mágoas, fique longe de objetos cortantes, aperte o play e se prepare para o naufrágio. As duas canções registradas em “Um passo por vez” vão fazer você afundar.

O universo das canções de Jair Naves é denso e nos coloca a considerar o gosto do compositor pela vida. Na canção que dá nome ao disquinho, por exemplo, o eu lírico se apresenta como um amontoado medroso de destroços. “Para quem é pouco mais que a soma/ de incontáveis hematomas/ adquiridos ao longo/ de um percurso errático, sobre escombros/ É bom dar um passo por vez”.

Ele não se detém sobre o amorzinho dos adolescentes. Suas composições parecem nascer de um desacordo sincero e empírico com os dias. Em “Minha cúmplice, minha irmã, minha amante”, segunda faixa do single, o compositor menciona uma vontade de dormir pra sempre que não possui qualquer relação com as necessidades do corpo e pode resumir suas motivações poéticas. Em poucas palavras: Ces‘t la vie.

Um passo por vez – Pouco mais de um ano após estrear em carreira solo com o elogiado EP “Araguari”, Jair Naves traz a público um novo single com duas músicas inéditas: “Um passo por vez” e “Minha cúmplice, minha irmã, minha amante”. Essas faixas estão disponíveis para download com exclusivade no site da Trama Virtual.

O registro foi feito durante as sessões de pré-produção do próximo disco do compositor, ainda sem previsão de lançamento. Entre os músicos que participaram dessas gravações estão Ney Hugo e Ynaiã Benthroldo, do Macaco Bong, e o núcleo da sua atual banda de apoio: Alexandre Xavier (piano), Daniel Guedes (guitarra) e Mark Paschoal (bateria e voz).

“Um passo por vez” foi gravado nos estúdios TC e Oito (por Tereza Miguel e Gilson Munhoz); Mixado e masterizado por Renato Coppoli e Marcelo Fontanesi no Estúdio Zoing! – Audio Freaks e tem produção assinada pelo próprio Jair Naves.

A apresentação em Aracaju é promovida pelo Circuito Fora do Eixo e sucede uma série de apresentações do cantor pelo Nordeste.

Jair Naves na Rua da Cultura

Local: Mercado Municipal
Data: 16 de maio (segtunda-feira)
Hora: A partir das 18 horas

Anúncios

1 Comentário »

  1. Porra, trocava carta e e-mail com o Jair na época do Ludovic, figuraça! Não tava sabendo desse show, vou ver se colo lá!

    Comentário por Rafael Jr. — maio 13, 2011 @ 4:50 am


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: