Spleen e charutos

outubro 21, 2010

Os subterrâneos de Recife no Capitão Cook

Filed under: Spleen — spleencharutos @ 2:49 pm

Rian Santos
riansantos@jornaldodiase.com.br

Há quem credite à capital pernambucana a responsabilidade e o privilégio de amparar a cena musical mais interessante do território nacional. A impressão encontra abrigo espaçoso sob o manto sagrado do mangue beat – que na encarnação passada procurou o sopapo do maracatu para injetar calor e criatividade em nosso maior produto de exportação, fustigando a apatia que o ameaçava – mas já não corresponde inteiramente à realidade. Embora muitos insistam em abraçar os signos e elementos propostos pela turma de Chico Science como se agarrassem uma tábua de salvação, a música independente criada nos quatro cantos desse país de dimensões continentais é diversa. A rica produção local testemunha isso. Grande parte da música executada nos subterrâneos de Recife, também.

Felizmente, nós contamos com um verdadeiro duo de embaixadores, que percorre o circuito de festivais levando os riffs da terrinha para trazer de volta notícia fresquinha do que ocorre por aí. Esta semana, depois de transpirar o veneno e o azar que os consomem no palco do Jambolada, em Minas Gerais, os cabras da Baggios se apresentam no Capitão Cook, em noite dedicada a duas bandas pernambucanas dispostas a virar a página de um livro empoeirado para contar a própria história.

Diablo Motor – O equívoco faz parte da vida, mas acertar é bom demais! Se o rock honesto da rapaziada que integra o Diablo Motor, disponível no Myspace da banda, era suficiente para endossar a tese de que eles não estão ligando muito para o legado valioso que herdaram dos homens caranguejo, o release dos caras deixa isso muito claro, textualmente. O negócio dos caras é Rock’n Roll e ponto final!

De acordo com o crítico Hugo Montarroyos, a exemplo do que ocorre com os nossos amigos da Mamutes, a paixão pelo rock é a única força que impulsiona o trabalho da Diablo Motor.

“A principal informação que você deve levar em conta sobre o Diablo Mötor é que estamos diante de uma banda de rock em seu formato mais tradicional: duas guitarras, baixo, bateria e vocal. Tem gosto de cerveja gelada e de nicotina e é cafajeste. Ou seja, nenhuma novidade. E isso, no caso deles, é ótimo. Mas, no entanto, duas coisas o separam da maior parte das bandas iniciantes: seu EP tem um trabalho fantástico de produção. É incrível a qualidade de som. E, a julgar pelas músicas deste disco, dá para colocá-los lado a lado com Vamoz! e Amp. Propostas semelhantes, caminhos e experiência distintas. Mas a fronteira é bem tênue entre eles”.

Voyuer – A banda desponta aos poucos na cena Indie recifense como uma banda que faz a mistura de riffs de guitarra e beats do movimento Electro mostrando que Pernanbuco tem um forte representante do gênero.

Formada por Ju Orange nos vocais (ampslina), Paulista nas guitarras e vocais (Candeias Rock City) e Pauliño Nunes (Júlia Says) nas programações, a banda tem composições criativas e livres, com um sabor eighties, por vezes invocando B-52’s, Gary Numan e, em outras, bandas mais recentes como o Elastica (já da cena Indie dos anos 2000).

Nós últimos anos, o electrorock brasileiro fez palhinha no exterior. O cansei de ser sexy mudou um pouco a impressão de que, do Brasil, gringo só quer samba. Os pernambucanos da Voyeur seguem a mesma lógica e mesclam rock com e programação eletrônica, O Ep Little/Sexy/Love faz parte da trilha sonora do primeiro seriado produzido pela MTV chamado “descolados”.

Anúncios

2 Comentários »

  1. mais um excelente texto, parabéns.

    Comentário por Adelvan kenobi — outubro 21, 2010 @ 3:20 pm

  2. Ahhh! que legal, aumenta nossa ansiedade de conhecer a cena de Aracaju!

    Comentário por rockvoyeur — outubro 21, 2010 @ 4:04 pm


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: