Spleen e charutos

agosto 9, 2010

35 anos de pintura sob o sol do equador

Filed under: Spleen — spleencharutos @ 9:00 pm

Rian Santos
riansantos@jornaldodiase.com.br

“Nós estamos na linha do equador. O sol acaba contaminando o pincel. Não há como ignorar tanta luminosidade”. A opinião de Luiz Adelmo, diretor da Galeria de Arte Álvaro Santos (GAAS), sugere a magnitude do evento que o espaço abriga amanhã à noite. Se a importância dos traços enérgicos que o artista plástico José Fernandes riscou no imaginário local não pode ser mensurada, os 35 anos dedicados à atividade ganharão uma exposição à altura, oferecendo a oportunidade necessária para que a gente se reconheça nas cores fortes utilizadas pelo artista.

Para Luiz Adelmo é uma honra aconchegar a individual ‘José Fernandes, 35 anos de pintura’ debaixo da asa. Segundo ele, o feito é heróico, e merece ser comemorado com toda a pompa que a circunstância permite. Adelmo lembra que Sergipe sempre foi um grande exportador de valores, mas que muitas vezes tardou em reconhecer o talento carregado no colo. Na opinião dele, o sentimento de identificação com a realidade local alimentado pelo olhar artístico é fundamental para qualquer povo que almeja um lugar na história.

“A figuração presente no trabalho de José Fernandes é muito significante, tem muita tropicalidade. Você observe a recorrência da figura feminina. São mulheres exuberantes, mas que sempre carregam o sofrimento próprio do nordestino na expressão”.

De acordo com Adelmo, há ainda uma influência determinante, exercida por Zé de Dome. “Gosto dos trabalhos de José Fernandes. Quem pega a obra dos dois, sente um clima semelhante, mas não é uma releitura. Fernandes tem tema próprio. Acho que ele usa uma força que caracteriza o tropicalismo do artista do Nordeste”.

O artista – O lagartense José Fernandes começou sua carreira profissional aos 14 anos. Suas telas são reconhecidas pelo traço grosso, característico da escola expressionista de pintura, e pelo bailar de pombas em meio a paisagens, corpos femininos, rostos e elementos regionais como cajus.

Nesses 35 anos de carreira, Fernandes conviveu com nomes de destaque das artes sergipanas, entre eles Luduvice José, Anselmo Rodrigues, o médico e escritor Marcelo Ribeiro, além de Álvaro e Florival Santos, que se revelou um grande entusiasta de sua obra.

A exposição ‘José Fernandes, 35 anos de pintura’ é formada por 40 telas (24 inéditas) que retratam os 35 anos de carreira do artista e dão uma idéia muito aproximada do trabalho desenvolvido ao longo desse tempo.

Inauguração da individual ‘José Fernandes, 35 anos de pintura’

Local: Galeria de Arte Álvaro Santos
Data: 10 de agosto
Hora: 20 horas

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: