Spleen e charutos

fevereiro 25, 2010

Realizador sergipano tem medo de água

Filed under: Spleen — spleencharutos @ 3:40 pm

Rian Santos
riansantos@jornaldodiase.com.br

As águas da discórdia

A piscina do Núcleo de Produção Digital Orlando Vieira já matou muita gente de raiva. Cavado no coração do prédio, como uma saia curta que mastigasse o juízo de algum coitado pudente, o quadrado de azulejos brancos concentrou, durante muito tempo, as discussões sobre o audiovisual em Sergipe. Remover o NPD do conforto bem instalado em que se encontra parecia fundamental para impulsionar a produção local, uma questão de honra. Sob a superfície plácida, o sepulcro insuspeito do nosso subdesenvolvimento.

O retrato abusa das tintas, mas foi mais ou menos por essas razões que Graziele Ferreira, à frente do Núcleo, resolveu desfraldar uma bandeira branca e convidar os cinéfilos interessados para dar um tchibum na calmaria aquosa dos seus domínios. Na segunda edição da mostra Um Mergulho no Cinema, como na primeira, senti falta dos realizadores sergipanos – que poderiam aproveitar a oportunidade para conhecer a produção de outros estados e compartilhar idéias, dividir angústias com os interessados na questão – mas o público, razão de ser de qualquer manifestação artística, mais uma vez compareceu para bater palmas.

Para não perder o pique, no dia 10 de Março, a partir das 19 horas, o NPD Orlando Vieira promove a mostra Um Mergulho no Cinema no Festival do Minuto. Nessa sessão, serão exibidos os 40 melhores filmes de 2009 do Festival Mundial do Minuto Brasil. A mostra conta com produções brasileiras e do exterior, totalizando 40 minutos de exibição.

Desde 1991, o festival seleciona e exibe vídeos de até 60 segundos produzidos por amadores e profissionais. Ao longo dos seus 18 anos, o Festival do Minuto revelou grandes talentos do audiovisual brasileiro sendo considerado o maior festival de vídeos da América Latina.

De acordo com a diretora do Núcleo, Graziele Ferreira, a iniciativa aproxima todos que participam, direta e indiretamente do Núcleo. Além disso, é uma maneira diferente de fomentar o audiovisual. “Um Mergulho no Cinema enaltece as produções cinematográficas. É o momento em que podemos interagir e trocar experiências”.

Anúncios

1 Comentário »

  1. Até quando?

    Comentário por Fábio Sampaio — março 9, 2010 @ 1:07 am


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: