Spleen e charutos

agosto 21, 2009

‘Um blues pra ela’ no Capitão Cook

Filed under: Spleen — spleencharutos @ 6:46 pm
Recomenda-se uma garrafa de conhaque

Recomenda-se uma garrafa de conhaque

Rian Santos
riansantos@jornaldodiase.com.br

O encontro foi marcado na porta da Freedom, templo informal do rock sergipano. Antes de inventarem internet, MP3 e Youtube, era pra lá que a molecada corria na esperança de estragar os ouvidos com a sujeira abençoada das guitarras. Quem já entrou na loja, mesmo por apenas um instante, conhece a atmosfera nostálgica que domina aquele pequeno quadrado. Nas paredes cobertas de discos e camisas pretas, um tributo ao tempo em que empunhar uma guitarra era mais do que uma opção estética. Um tributo ao sentimento sincero que impregna as composições da Máquina Blues.

A caminho do estúdio, o guitarrista Melcíades, dono do set mais invejado da terrinha, revelou suas impressões a respeito da cena local, e entoou a cantinela que estamos todos cansados de escutar. É preciso abrir novos espaços, sair do gueto e conquistar novos públicos. Poderia ser choradeira de quem não tem coragem de riscar um caminho no mapa, mas no caso destes blueseiros a avaliação é mais do que um diagnóstico. Quando uma banda com a qualidade da Máquina Blues reclama novas oportunidades, devemos acolher a sentença como um grave sintoma de infecção.

Antes de desembarcamos, ainda houve tempo para o rapaz reiterar sua paixão pelo instrumento que personifica o gênero, e reconhecer o talento de muita gente boa que corre o braço de uma guitarra se equilibrando entre solos e sustains. “É a minha maior paixão. Tem muita gente aqui que consegue tirar um som bom do instrumento”.

A reverência é tamanha que Melcíades se preocupa até com o destino de seus brinquedinhos. Referindo-se a uma Fender Telecaster branca que o boa vida do Allen Alencar lhe comprou recentemente, suspirou aliviado. “Fiquei muito feliz de ter vendido aquela Tele pra Allen. Ele toca muito!”.

Já no estúdio, a rapaziada não adiantou muita conversa. Foi só o tempo de ligar os instrumentos, e mandar ver no repertório, fazendo justiça ao legado de nomes como Mudy Waters, Jonh Lee Hooker, e Robert Johnson. Em todas as músicas, um universo urbano (pontuado por uma Strato Old Fashion dos anos 50), denso como a vida dos maiores heróis do Blues. Na voz mansa de Sílvio – um roqueiro das antigas, de cabelos brancos, calça justa e meia lua – muita fossa e bebedeira. Pena ninguém ter uma garrafa de conhaque malocada no case…

Nos berros do ampli valvulado de Melcíades, muita música nova, com a natureza crua que o público mais antigo conhece, e que deve ser transportada para o próximo trabalho da banda. De acordo com o guitarrista, o quarteto já começou a trabalhar na pré-produção de algumas músicas, mas o efeito alcançado não os deixou satisfeitos. Provavelmente, a gravação será realizada como no debut da banda. Todo mundo tocando junto, ao vivo, sem nenhuma frescura.

Para a apresentação desta noite, a Máquina Blues promete ainda mandar uns covers de responsa, lá pro final do show, quando todo mundo estiver embriagado. Se eu fosse o leitor, atenderia ao conselho da banda e não saía de casa sem uma garrafa de Domecq embaixo do braço.


Serviço:

Local: Capitão Cook
Data: 22 de agosto (sábado)
Hora: 22 horas

Anúncios

2 Comentários »

  1. Belo texto. Se fosse um pouco maior, com um pequeno histórico da banda, seria mais completo, mas em todo caso, uma belíssima chamada para o show. Nos vemos lá. Ah, a foto escolhida é muito boa também.

    Comentário por Adelvan — agosto 21, 2009 @ 8:05 pm

  2. A Máquina tem som de responsa!Melciades realmente faz a galera babar com o set e com o som, claro!

    Comentário por Allen — agosto 22, 2009 @ 2:20 am


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: