Spleen e charutos

novembro 22, 2008

O miolo da palavra

Filed under: Spleen — spleencharutos @ 2:36 pm

Rian Santos
riansantos@jornaldodiase.com.br

Não procure pão no miolo da palavra. Não procure papa. Mais fácil estender a mão no passeio público, uma cara de coitado costurada com barbante sobre a face corada. Escrever é pra quem não teme a fome, dono de uma sede que não encontra água. O alto dos edifícios mais altos, os passos aluados do astronauta, para o poeta é tudo próximo e vulgar como o incêndio de uma estrela no olho desarmado da criança. Ele recusa os saltos tímidos dos palhaços que voam a dois palmos do chão, e se empenha em um idioma de gestos sem graça.

Até hoje, meu pai afirma que não entende, minha mãe se faz de abestalhada. Por eles, eu faria como toda a gente. Virava um funcionário público e me conformava com mingau de aveia e banana amassada. Se eu fosse preto, viado ou muçulmano estaria tudo certo, comportamento tão estranho estaria justificado. Mas isso de um filho roto por coisa nenhuma, os trocados contados, a cabeça virada, atravessa os músculos de um coração materno com a crueldade gelada de uma faca.

Apesar de tudo, não me transformei num inseto de seis patas. Ao contrário de Kafka, serei sempre um homem completo. Cabeça, tronco, membros e o juízo estragado. Acontece que, junto à austeridade do julgamento paterno, carrego as partidas de dominó que vencemos juntos, os porres e as confissões compartilhadas. É a velha história. Como não tenho posses nesse mundo, invento outros onde as cercas não servem pra nada.

Se for mentira, Deus manda um castigo. Corro as páginas por medo da estrada. Fiado nessa vocação de frouxo, fui cavoucando o vocabulário do corpo até descobrir que a palavra é como a dor de uma unha quebrada. Não toma nem oferece. Maltrata os nervos durante dois minutos, depois vai embora com as mãos abanando, como se não houvesse ocorrido nada. “Apois, pro cantador e violeiro/ só há três coisas nesse mundo vão/ amor, forria, viola, nunca dinheiro/ Viola, forria, amor, dinheiro não”.

Anúncios

Deixe um comentário »

Nenhum comentário ainda.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: