Spleen e charutos

outubro 11, 2008

Remelento

Filed under: Spleen — spleencharutos @ 4:24 am

Rian Santos
riansantos@jornaldodiase.com.br

Não existe mulher feia ao despertar. Estirada na cama, com as pálpebras pesadas de sonhos, qualquer mulher é bonita. O pesadelo começa quando elas retiram a remela dos olhos e encostam o pé no chão. Divorciada das fantasias galopadas em silêncio, a maioria se transforma, misteriosamente. A realidade é que, depois do primeiro bocejo, pouco sobra dos anjos que ronronam safadezas e mordem a fronha do travesseiro com preguiça de encarar um pedaço dormido de pão.

É desse encontro com as picuinhas cotidianas que vai depender o sucesso do projeto político e de poder que os eleitores consagraram nas últimas eleições. Até agora, encaramos a ascensão do Partido dos Trabalhadores em Sergipe como um namorado atencioso, doidinho para acreditar que os protestos sonolentos da moleca em paninhos de algodão não passam de dengo de amante satisfeita. Infelizmente, os rompantes femininos recomendam algumas precauções.

O sujeito levanta, esquenta o café, faz aviãozinho pra moça, e se brincar ainda lava as suas calcinhas. É patético e compreensivo. Fazem três dias que os dois juntaram os panos de bunda e se trancaram num quarto pra foder até o cu fazer bico. Eles só vão conhecer os problemas de todos os casais quando as crianças nascerem,as contas vencerem e as dificuldades de qualquer relacionamento comprometerem o combustível de tanta paixão. Afinal, quem é que precisa de camisas passadas com um monte de cerveja entupindo a geladeira?

É impossível negar que, embora não fosse a sua capacidade administrativa que estivesse em julgamento, o prefeito reeleito Edvaldo Nogueira deu uma grande demonstração de maturidade política durante a trajetória que culminou no último dia 05 de outubro. Ao mesmo tempo, é preciso compreender, no entanto, que é agora que a peleja inicia. Se os resultados prometidos pela gestão petista não começarem a florescer imediatamente, a rapariga carente, lambendo a libido em cima do colchão, vai levantar e correr atrás dos caprichos remelentos que mastigam a sua imaginação.

Anúncios

2 Comentários »

  1. Esse sim é o tipo de texto que eu gosto de ler. Em forma e em conteúdo! Mas você não escreve sob os olhares dos meus gostos. 😛

    Concordo em gênero, número e espécie que as coisas estão sendo vistas ainda como na comparação que você bem fez: um começo de relacionamento. Tudo no início é maravilhoso e até todos os odores são perfume francês, diante do deslumbramento do início de um relacionamento.

    Se tudo no início são flores, no final pode não servir nem pra adubo. É por isso que eu prefiro pensar 30 vezes antes de dizer isso ou aquilo, de fazer qualquer julgamento anterior à uma – nem que seja breve – análise. É que não dá pra você afirmar que uma pessoa é boa ou má, só pela cor de sua “ética”.

    Capaz desse meu comentário virar post no meu blog. 😛

    :*

    Comentário por Débora Andrade — outubro 11, 2008 @ 3:29 pm

  2. Gostei disso de ética colorida. Se calhar, roubo pra mim ;]

    Comentário por spleencharutos — outubro 12, 2008 @ 1:37 am


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: